Home / Aprendendo Sobre Cerveja / Famílias de Cerveja

Famílias de Cerveja

Bem amigos do Ceva no bar, depois de uma pausa de 1 semana estamos de volta com a nossa série Aprendendo Sobre Cerveja, e no post de hoje falaremos sobre as Famílias de Cerveja.

Bom, como todos sabemos (e já falamos aqui) a cerveja é uma bebida alcoólica carbonatada, produzida através da fermentação de materiais com amido, principalmente cereais maltados como a cevada e o trigo. Seu preparo inclui água como parte importante do processo e algumas receitas levam ainda lúpulo e fermento, além de outros temperos, como frutas, ervas e outras plantas. Também sabemos que o universo cervejeiro é muito amplo e complexo, repleto de aromas, sabores, cores, estilos e, como falamos no título desse post, famílias.

Quais são e como identificar as famílias de Cerveja?

Existem várias etapas importantes no processo de fabricação de cerveja, onde uma das etapas que mais se destaca é a escolha do tipo de fermentação pelo qual a cerveja passa. É será o processo de fermentação que irá nos levar a diferentes famílias de cervejas, sendo as famílias Ale e Lager as principais, de onde derivam mais de 120 estilos de cerveja.

O que diferencia as cervejas “Ale” das cervejas “Lager”  é o tipo de fermento utilizado. É no processo de fermentação que a levedura “come” os açúcares do mosto cervejeiro transformando em álcool e CO2. E é neste processo que a cerveja adquire seus sabores e aromas.
Para quem faz cerveja, é muito importante saber qual fermento vai usar porque, para cada escolha, há um processo diferente. Além disso, é importante que se saiba em qual temperatura o tanque estará, quantos dias vão durar o processo de fermentação e, posteriormente, o processo de maturação.

Cervejas da família ALE

São as famosas cervejas de alta fermentação. Nela, usa-se um fermento específico, que começa seu trabalho entre 14º e 25º C. A levedura fica em suspensão dentro do tanque e foi esse o motivo de ganhar o nome de “alta fermentação”, em inglês, top fermentation.

Este processo de transformação tem cerca de sete dias e libera, além de álcool, CO2 e diversos subprodutos, os ésteres que dão um perfil mais evidente; em sua maioria, são cervejas muito aromáticas e complexas, de sabores com toques de flores e frutado mais perceptíveis do que em cervejas da família Lager.

Particularmente é o tipo de cervejas que eu prefiro, devido à sua complexidade e variedade de aromas e sabores, o que dá aquela “graça” na cerveja.

Os estilos mais conhecidos são: IPA, Weiss, Brown Ale, Saison, Stout, Porter, Dubbel, Trapistas, Pale Ale, Strong Golden Ale, Bitter.

Curiosidade: As primeiras cervejas foras as Ales, na época não existia ainda as cervejas do tipo Lager, que surgiram por volta do ano 1400.

Segue abaixo uma imagem no formato de organograma, para ilustrar e facilitar o entendimento dos estilos que estão dentro da família das ALEs.

Famílias de Cerveja - Ale

 

Cervejas da família LAGER

Apesar de ser a família mais conhecida no mundo, por conta da Pilsen, este estilo só começou a ser fabricado por volta de 1400, quando, no sul da Alemanha, as cervejas passaram a ser produzidas em cavernas (como falamos anteriormente, até então, somente as Ales eram conhecidas).

Comercialmente, ela só começou a se destacar depois do século XIX, com a chegada da refrigeração mecânica. A baixa fermentação, como é conhecida, trabalha em cerca de 10 º C nos tanques.

A fermentação mais fria reduz a produção de ésteres e outros componentes de sabor, por isso, nesta família, em geral, o paladar é mais leve e as cervejas são mais carbonatadas e de fácil aceitação (por isso a grande maioria das cervejas ditas “comerciais” são Lagers). Hoje, entretanto, não há uma regra e também podem haver estilos mais complexos e aromáticos, como por exemplo, a Pilsen de Bergamota da Cervejaria Hunsrück, de Dois Irmãos – RS que foi extremamente elogiada pelo paladar, digamos, apurado do KrEsPo, como podemos conferir neste post aqui!

Os estilos mais conhecidos são: Helles, Bock, Schwarzbier, Vienna, Malzebier, Pilsen, American Light Lager.

Segue abaixo uma imagem no formato de organograma, para ilustrar e facilitar o entendimento dos estilos que estão dentro da família das LAGER.

Famílias de Cerveja - Lager

 

Um ótimo link para saber mais sobre estilos de cerveja é o guia de estilos do BJCP (Beer Judge Certification Program), disponível em inglês para download em PDF através do link http://www.bjcp.org/docs/2015_Guidelines_Beer.pdf .

Ein Prosit!

Sobre Leandro Webster

Sou um Gerente de Projetos especialista em e-commerce. Apoio as IPA's e o lúpulo. Meu sobrenome se lê vêbister, não uébister. Rascunho de homebrewer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *